Histórico

A história da Paróquia São Miguel, localizada no bairro da Cremação, começa em 1912 com o trabalho missionário do Padre Amadeu, dos Barnabitas da Paróquia de N. Sra. De Nazaré do Desterro. Anos depois, em 1937, com a chegada das Irmãs Margarida, Auxiliadora e Celina da Congregação das Irmãs Angélicas de São Paulo e a doação de um pequeno terreno, foi construída uma pequena escola denominada “Escola São Miguel” que nos finais de semana era transformada em capela para a celebração dos ofícios religiosos.

Observando os esforços dos Padres Barnabitas e das Irmãs Angélicas e o crescente número de fiéis, D. Mário de Miranda Villas Boas, Arcebispo Metropolitano de Belém, sente a necessidade de transformar a pequena Capela em Paróquia, mas foi somente no dia 25 de março de 1965 que o então Arcebispo de Belém, D. Alberto Gaudêncio Ramos, criou a Paróquia São Miguel, tendo assumido como seu primeiro Paróco o Padre Rui Coutinho.

Em 1968, em razão do afastamento do Padre Rui Coutinho, assumiu a Paróquia o Padre Geraldo Silva que permaneceu como Pároco até 1982, ocasião em que foi transferido para o Estado do Maranhão, assumindo a Paróquia o Padre Leonardo Neves.

Com a transferência do Padre Leonardo Neves, em 1986, foi nomeado Pároco o Padre Ivanildo Holanda, substituído em 1988 pelo Padre José Maria Ribeiro, que em 1989 viajou para Roma para concluir seus estudos em Direito Canônico, assumindo a Paróquia o Padre José Gonçalo.

Após longo período, em 1998, com a nomeação do Padre José Gonçalo para a Catedral Metropolitana, assumiu como Pároco o Padre Stélio Girão que permaneceu até o dia 25 de fevereiro de 2007, ocasião em que assumiu como Pároco Padre Moacir Robledo de Oliveira.

Em 06 de fevereiro de 2014, Padre Moacir foi substituído pelo Padre Raimundo Cosme Batista Alves, que durante sua estadia na paróquia lutou por meses contra uma enfermidade, tendo falecido no dia 22 de agosto de 2019 ainda durante seu período na paróquia, tendo inclusive seu corpo velado na própria Paróquia.

Neste momento, o Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, nomeia em 2 de setembro de 2019 um Administrador Paroquial, Padre João Paulo Celestino, que ficou na Paróquia durante o período de transição até a nomeação definitiva do novo pároco, Cônego José Gonçalo Vieira, que retorna a Paróquia, assumindo em 04 de janeiro de 2020 e está conosco até os dias atuais.

Área Paroquial

A Jurisdição Paroquial fica delimitada por uma linha que parte da Mundurucus, pelas casas do lado par, na sua intersecção com a Travessa 3 de Maio, seguindo por esta até a Passagem dos Mucajás, continuando por esta até a travessa dos Mundurucus, por onde segue até o ponto inicial.

1965 – 1968: Padre Rui Coutinho.

1968 – 1982: Padre Geraldo Silva

1982 – 1986: Padre Leonardo Neves

1986 – 1988: Padre Ivanildo Holanda

1988 – 1989: Padre José Maria Ribeiro

1989 – 1998: Padre José Gonçalo Vieira

1998 – 2007: Padre Stélio Girão

2007 – 2014: Padre Moacir Robledo de Oliveira

2014 – 2019: Padre Raimundo Cosme Batista

2019 – 2019: Padre João Paulo Celestino

2020 – atual: Cônego José Gonçalo Vieira